Água quente é inimiga do cabelo no inverno

Dermatologista explica que o ideal é usar água morna e finalizar com água fria

No inverno, é comum aproveitar um banho bem quente. Entretanto, a temperatura da água pode influenciar na aparência dos cabelos. Segundo a dermatologista diretora da Sociedade Brasileira de Dermatologia – Secção RS (SBD-RS), Analupe Webber, a água quente estimula a produção de sebo pelas glândulas sebáceas do couro cabeludo.

– Isto aumento a oleosidade, podendo piorar a dermatite seborreica em pacientes com essa patologia. Esta, popularmente conhecida como caspa, pode ficar mais ativa no inverno, devido ao calor da água no banho. Em muitos casos, é necessário realizar algum tratamento dermatológico mais específico – explica.

A dermatologista esclarece que a água fria mantém a cutícula, que é a porção mais externa do fio do cabelo, fechada, mantendo a hidratação do fio e aspecto de mais brilho. Ao contrário, a água quente abre a cutícula. O ideal, de acordo com a médica, é usar água morna para lavar e finalizar o banho com a temperatura um pouco mais fria.

2Shares

NÃO ESQUEÇA DE DEIXAR SEU COMENTÁRIO

É muito importante pra gente saber sua opinião

MAIS DA SOL FM