Dermatologista explica como escolher o protetor solar ideal

Especialista alerta que as crianças também precisam de proteção física.

Na praia, a família toda usa o mesmo tubo de protetor solar antes de ir para a praia. Esse é um cenário comum, que apesar de não ser tão grave, merece cuidado, já que cada pessoa possui um perfil e características de pele individual. De acordo com a dermatologista e diretora da Sociedade Brasileira de Dermatologia – Secção RS (SBD-RD), Analupe Webber, é preciso cuidar alguns fatores antes de aplicar a fotoproteção nos adultos e nas crianças. Para os pequenos, além do protetor solar, é recomendado que utilizem roupas, também chamadas de filtros físicos.

– Em geral, o melhor protetor solar para adultos e crianças deve possuir FPS acima de 30. Se o paciente tiver pele clara, deve ser usado protetor solar de fator mais alto, como 50 ou 60. Nas crianças, especialmente menores, existem os filtros físicos, que formam uma barreira protetora na pele. O protetor solar deve ser aplicado de duas em duas horas, em caso de exposição solar, se a pessoa entrou no mar ou piscina ou se há suor intenso – relata Analupe Webber.

Em adultos, deve ser avaliado o tipo de pele da pessoa. Se é uma pele mais oleosa, deve ser utilizado produto livre de óleo. As roupas com proteção ultravioleta são indicadas para crianças e adultos, pois bloqueiam a radiação UV. Roupas claras e finas não são adequadas para fazer esportes nos quais ha muita exposição solar pois não bloqueiam a radiação UV.

5Shares

NÃO ESQUEÇA DE DEIXAR SEU COMENTÁRIO

É muito importante pra gente saber sua opinião

MAIS DA SOL FM