Médicos alertam para riscos de testes genéticos rápidos e sem evidência científica

  • 24 de janeiro de 2019
  • Sol FM

Metodologia que indica previsões para saúde e aptidões físicas não são recomendadas

A Sociedade Brasileira de Genética Médica e Genômica (SBGM) alerta a população para propagação e adoção dos Testes Diretos ao Consumidor, uma série de avaliações nos genes, que prometem indicar previsões para a saúde, aptidões físicas e tendências genéticas.

O procedimento não tem evidência científica comprovada para diagnóstico ou intervenção terapêutica e não há uma finalidade clínica real, sendo considerado apenas um método com caráter recreativo. O alerta dos médicos é que presunções equivocadas podem acarretar em prejuízo a saúde física e mental de pacientes. Em alguns casos, devido ao desconhecimento, estes simulados acabam sendo recomendados até por profissionais de várias áreas da saúde e oferecidos por diversos laboratórios, sem a devida orientação sobre suas limitações e prova científica nula. Alguns exemplos destes métodos são os de rendimento esportivo, aptidão física, perfil nutricional, emagrecimento, envelhecimento e cuidados da pele. Nenhum é certificado pela ciência.

A SBGM recomenda que sempre seja buscado um médico e/ou profissional da saúde capacitado, antes de realizar esse tipo de procedimento, para receber as recomendações e esclarecimentos necessários.

0Shares

NÃO ESQUEÇA DE DEIXAR SEU COMENTÁRIO

É muito importante pra gente saber sua opinião

MAIS DA SOL FM