Onde está Momo?

Opinião: 2º Vice-Presidente e Diretoria de Patrimônio da Sociedade de Pediatria do RS (SPRS), Sérgio Luis Amantéa

Mother Birth ou Mulher Pássaro, também conhecida por Momo, nasceu no Japão, na forma de uma escultura e fruto da mente criativa de um artista nativo chamado Keisuke Aiso. Ganhou sua primeira aparição pública em 2016, o que não foi suficiente para apagá-la do imaginário. Fez grande alarde no ano de 2017, ao reaparecer “contatando” pessoas pelo celular. Este ano, reapareceu. Nesta nova versão procurou estabelecer contato com a população infantil. Utilizou vídeos supostamente disponibilizados para crianças em canais e plataformas digitais. Nitidamente mais desenvolvido, veio para estimular desafios e até, assumir um papel de orientador “didaticamente” ensinando aos desavisados manobras de suicídio.

Ninguém sabe como chegou, porém, alojou-se de maneira rápida no imaginário de pais e responsáveis. Expôs o medo de todos que buscaram criar uma rede “coletiva de proteção”. As autoridades foram questionadas e as entidades científicas e de proteção à criança foram chamadas a se posicionar. De fato, não sabemos muita coisa, mas temos a certeza de que Momo não morreu.

Estamos inseridos num mundo digital no qual a exposição à informação é rápida demais para ser incorporada em tempo real. Negligenciamos a função de impor limites, de transmitir juízo a cerca de valores. Substituímos chupetas, “cheirinhos”, livros de estórias e contos por dispositivos eletrônicos e desafios digitais. Atividades lúdicas e brincadeiras em praças tem sido trocadas por computadores, tablets e telefones. Nosso convivio familiar tem sido compartilhado com um mundo paralelo. Momo sobrevive às custas de nossos medos e incertezas e das nossas fragilidades em assumir o papel de pais presentes, zelosos e envolvidos frente a uma geração que cresce num ambiente cada vez mais instrumentado e solitário.

Momo está dentro de todos nós!

2º Vice-Presidente e Diretoria de Patrimônio da Sociedade de Pediatria do RS (SPRS), Sérgio Luis Amantéa

0Shares

NÃO ESQUEÇA DE DEIXAR SEU COMENTÁRIO

É muito importante pra gente saber sua opinião

MAIS DA SOL FM