Páscoa doce e mais acessível em Sapiranga

Consumidores preferem investir em opções alternativas para presentear neste período.

Os chocolates artesanais estão movimentando a economia de Sapiranga durante o período da Páscoa. Enquanto os ovos tradicionais seguem com procura mais moderada, segundo os comerciantes, os ovos de colher têm perspectiva de 30% de aumento de vendas em comparação com o ano passado.

– Vivemos ainda os reflexos de um período de recessão econômica, o que explica a busca por alternativas mais baratas nesta época – explica a presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Sapiranga, Clarice Strassburger.

A perspectiva de crescimento no comércio dos produtos artesanais é da proprietária da Delícias da Mila, Camila Augusta Moraes Lima. De acordo com ela, a procura maior é por produtos de menor valor para quem quer presentear.

– Os clientes geralmente deixam para a última hora, então, este ano me organizei com algumas opções de pronta entrega, pois no ano passado perdi muitas vendas devido a isto. Quando vejo que os ovos de colher não estão saindo, procuro ofertar outras opções, como ovo no pote e caixas de brigadeiro, que também estão tendo uma boa procura – comenta Camila.

A proprietária da Minha cozinha, Alana Siqueira, conta que este ano investiu em opções mais acessíveis, que variam entre R$ 17,00 e R$ 23,00, atraindo os consumidores pelos enfeites diferenciados nos doces.

– Estamos vendendo muito mais do que esperávamos. Acredito que os chocolates artesanais estão tendo um movimento melhor devido à quantidade de pessoas que está trabalhando com isso – considera Alana.

Enquanto os ovos de Páscoa convencionais, com brindes dentro custam cerca de R$ 85,00, um ovo de colher pode ser encontrado por R$ 50,00. O público, de acordo com Camila, está disposto a investir entre R$ 30,00 e R$ 60,00.

4Shares

NÃO ESQUEÇA DE DEIXAR SEU COMENTÁRIO

É muito importante pra gente saber sua opinião

MAIS DA SOL FM