Vendas dos setores de óptica e relógios devem aumentar 10% em 2018

Além de aspectos econômicos, projeção leva em conta o fortalecimento de novas datas do varejo e novidades em produtos.

O crescimento da economia em 2018 deve ser puxado pelo consumo, podendo aumentar o volume de vendas em até 10% em comparação com o ano passado, no setor de relógios e óptica do Rio Grande do Sul. O cenário formado por inflação controlada, taxas básicas de juros reduzidas contribuem para a perspectiva atual.

– Estes produtos há muito tempo deixaram de ser um adereço para virar uma necessidade. Estamos melhorando mês a mês e isso é um bom indicativo de que a recuperação econômica vai ganhar fôlego este ano – comenta a vice-presidente da Associação do Comércio de Joias, Relógios e Óptica do Rio Grande do Sul, Andrea Neumann.

Há, ainda, outros fatores que colaboram para a projeção otimista, como as novas datas comerciais, principalmente a Black Friday, e inovações em produtos.

– Os recursos tecnológicos dos relógios contribuiu muito para o aumento das vendas do segmento. Tivemos, no ano passado, o lançamento dos smartwatches, que caíram no gosto do público – complementa a vice-presidente da Ajorsul.

Outra tendência para 2018 são os óculos com armações despojadas, incentivando a aquisição de um estilo clássico para o dia a dia e outro diferenciado para momentos de descontração.

4Shares

NÃO ESQUEÇA DE DEIXAR SEU COMENTÁRIO

É muito importante pra gente saber sua opinião

MAIS DA SOL FM